segunda-feira, agosto 18, 2008

Bom até pra queda de lambreta

Semana passada peguei um táxi, e o taxista era um desses que falam durante todo o percurso. NO meio do caminho ele recebeu um folheto com promoções de uma casa de bebidas e comidas importadas, e ele viu os preços de whisky, comentando:
"Tá bom o preço, só que eu não bebo. Se bem que semana passada eu bebi dois copos de cachaça com limão pra curar uma gripe, e não fiquei bêbado"
Deu a mulesta, o cara tomou dois quartinhos na tora, não ficou bêbado, o cara é um fenômeno.
Papo vai papo vem, me lembrei de meu avô, que foi farmacêutico (prático), e conhecia tudo das drogas lícitas (se bem que no tempo que ele era farmacêutico cocaína era vendida na farmácia "pra desentupir nariz e passar dor de dente"), e ele sempre disse: "Cerveja é bom até pra queda de lambreta"...
Aí me lembrei que sempre tem uma birita relacionada à saúde, senão vejamos:

  • Vinho tinto (um cálice por refeição) diminui as chances de problemas cárdio vasculares;
  • Nada melhor que um whisky após um dia estressante, melhor que qualquer relaxante muscular (ou relaxante cerebral, você que escolhe);
  • Cachaça, limão e mel, duvido que uma gripe resista por muito tempo depois de uma bomba dessas;
  • Conhaque de gengibre com limão também pode substituir a opção acima, para aqueles que têm preconceito contra a "marvada";
  • Se quiser "esquentar" as coisas na cama ( e eu não estou falando de dormir, não), catuaba;
  • Cerveja é considerada "pão líquido" em algumas playas mundo afora, fazendo parte de algumas cestas básicas, sem falar que é um excelente diurético;
  • Se levou uma pancada, cerveja preta;
  • Aquele tônico infantil é alcoólico ( e atenção, conheço vários casos de alcoolismo que começaram por aquilo)
  • Os Florais de Bach são feitos com Brandy;
  • ...
Sem esquecer que álcool é um excelente conservante, vide os animais de laboratório.

De formas que, mantendo a moderação, álcool é bom pra tudo, até pra queda de lambreta...

Qual a sua receita alcoólica?

2 comentários:

lola aronovich disse...

Sério, Gio? Conhece casos de alcoolismo que começaram pelo tônico infantil? Conta aí!

Pernambucobebendoparaomundo disse...

biotónico fontoura, alta concentração de álcool, viciante por natureza...